Visitante

Olá visitante. Cadastre-se | Entre | Esqueci minha senha

OK Esqueci minha senha


Você está em: Sobrenatural.Org -> Contos -> As aparições de animais misteriosos sempre tiveram lugar nas histórias. Os relatos de cães, gatos e outros animais fantasmagóricos já foram várias vezes contadas, porém, uma aparição em especial se destaca das outras: o encontro com misteriosos cães negro


Contos - Enviado dia 4 de Dezembro de 2009

As aparições de animais misteriosos sempre tiveram lugar nas histórias. Os relatos de cães, gatos e outros animais fantasmagóricos já foram várias vezes contadas, porém, uma aparição em especial se destaca das outras: o encontro com misteriosos cães negro

* Conteúdo ainda não verificado pelo site Sobrenatural.Org, assim, não garantimos o conteúdo escrito nem a qualidade ortográfica da informação. Pedimos para os usuários que se copiarem informações de outros sites, cite e link para a fonte, mas muitas vezes não fazem. Se a informação é de sua autoria, nos comunique para colocarmos os devidos créditos. Outros problemas, entre em contato.


As aparições de animais misteriosos sempre tiveram lugar nas histórias. Os relatos de cães, gatos e outros animais fantasmagóricos já foram várias vezes contadas, porém, uma aparição em especial se destaca das outras: o encontro com misteriosos cães negros, gerando lendas, histórias sussuradas ao vento e mistérios sem soluções. Dizem que o famoso romance. O Cão dos Baskervilles de Arthur Conan Doyle, foi baseado numa história real de algum encontro com esta sinistra criatura.
De certa forma a denominação “cães negros” tem um sentido genérico que representa seres caninos sobrenaturais, podendo ser estas aparições de varias cores, como branca ou acinzentada e até mesmo ter formas antropormórficas como os lobisomens.
Em muitas aparições dos cães negros eles são descritos como criaturas de olhos brilhantes que desaparecem de modo repentino. Um caso de um encontro com um destes misteriosos cães fantasmas que bate com esta descrição é a história contada por Theodore Ebert, de Pottsville, na Pensilvânia, que foi contado ao folclorista George Korson na década de 50. ele conta que: “Certa noite quando eu ainda era garoto, caminhava com alguns amigos pela estrada Seven Star e um grande cão negro apareceu do nada e ficou entre mim e um amigo. Quando fui acaricia-lo, ele desapareceu. Desapareceu em um estalar de dedos.” Neste caso, o encontro teve uma característica que se pode chamar até de afável, nem todos os cães negros têm esta característica tão amena. Na Grã-Bretanha contos como estes são especialmente bem-documentados em seu folclore. Suas lendas contam que os cães negros apareciam às pessoas nas estradas para conduzilas, as pessoas, como um espírito protetor; em outro caso, contados nas lendas britânicas, ele aparece ameaçando as pessoas que encontra ou então somente surgia como uma forma de prenúncio da morte do viajante que o avistasse.
Entranhamente, em muitas culturas o cão como símbolo é visto puramente como um guardião universal do portal, o que realmente tem muita razão de ser já que esta é uma tradicional função que atribuímos a este animal, como guardião dos portões de nossas casas.
A cultura popular sempre teve um lugar especial para os cães. Dando a eles significados muitos diversos entre si desde melhor amigo do homem a demônio, é muito comum mesmo aqui no Brasil se referir ao demônio com o nome de cão. Teriam estas aparições alguma relação com ele? Muitos contos medievais associam o cão negro como uma das formas do diabo. O grande cantor e guitarrista de blues Robert Johnson atribuía que seu talento se devia a um pacto feito com um homem vestido de preto (o demônio) que conheceu em uma encruzilhada, episódio que ele conta em um de seus blues mais famosos Cross Road Bleus: as conseqüências sinistras deste pacto talvés ele tenha contado em uma assustadora letra de outro blues seu que conta: “I’ve got to keep moving’...Ther’s a Hellhound on my trail.” Traduzindo “Tenho que prosseguir...Há um cão do inferno atrás de mim.” Seria realmente ele caçado por um cão negro demoníaco? Intrigantemente, se olharmos esta criatura como uma espécie de demônio um dos últimos lugares que se esperaria deparar com uma destas criaturas seria uma igreja, mas, é exatamente neste local que é contado num manuscrito francês, um dos relatos mais antigos sobre a aparição de um destes seres, que é contado no Annales Franorum Regnum de 856 dC. Neste manuscrito é relatado como uma repentina escuridão envolveu uma igreja durante uma missa e como um grande e misterioso cão negro que soltava faísca pelos olhos apareceu e se pôs a como inspecionar o recinto como se procurasse por alguém ou alguma coisa, até que, de modo súbito desapareceu. Outro caso que estranhamente se passou também em uma igreja é o que aconteceu em 4 de agosto de 1577, em Bongay, a cerca de  Norwich, Inglaterra. Relatado por Abraham Fleming em um panfleto chamdo A strange wunder in Bongay (Uma estranha maravilha em Bongay). O manuscrito conta que durante uma tempestade um cão negro entrou na igreja e disparou correndo no corredor. O sombrio animal foi responsável pela morte de dois cidadões que se encontravam no local e ainda queimou um terceiro. Fleming, o autor do relato afirmava que estava presente na igreja durante o ataque em Bongay. Mesmo com todos estes relatos não se pode ao certo determinar a natureza das aparições dos cães negros se elas são demoníacas ou não.



Avalie Comente Marque como Favorito Recomende

Opiniões

Conteúdo sem opinião até o momento...





Comente

Somente usuários logados podem enviar opiniões...

Você já é um usuário cadastrado no site Sobrenatural.Org? Se sim, faça seu login abaixo. Caso contrário, clique aqui para efetuar o cadastro.

QUEM ENVIOU ESTE CONTEÚDO:

Kalel Henrique Fonseca Afonso

Kalel Henrique Fonseca Afonso

bom eu sou um estudante e acredito muito em coisas sobrenaturais e tanbem eu namoro muito huaa em fim ..


NOSSO CANAL NO YOUTUBE


ESPECIAL ASSOMBRADO.COM.BR


NOSSO BLOG



PUBLICIDADE

PRODUTOS DA LOJA SOBRENATURAL

DIRETO AO ASSUNTO

INTERATIVAIDADE

http://bs.serving-sys.com/BurstingPipe/adServer.bs?cn=tf&c=19&mc=imp&pli=8942288&PluID=0&ord=[timestamp]&rtu=-1