Visitante

Olá visitante. Cadastre-se | Entre | Esqueci minha senha

OK Esqueci minha senha


Você está em: Sobrenatural.Org -> Matérias Especiais -> Dragões: Realidade ou Mito?


Matérias - Enviado dia 25 de Setembro de 2009

Dragões: Realidade ou Mito?

Reais ou não, os dragões são seres fantásticos e segundo a Bíblia, não só eles existem, mas possuem poderes para destruir o planeta!




Reais ou não, os dragões são seres fantásticos, nenhuma outra criatura possui tantas variações ou formas, sem falar em suas personalidades que podem variar desde maléficos a criaturas bondosas, inteligentes e amigas dos seres humanos.

Os cristãos evangélicos e católicos acreditam fielmente na existência de dragões, mesmo porque o livro sagrado deles que só fala a verdade, enfatiza a existência dos dragões, os quais possuem poderes para devastar todo o planeta.

A bíblia cita três dragões distintos.
O primeiro, metaforicamente é associado à serpente do Éden, seria um título que o Arcanjo Lúcifer recebera, cujo significado é ‘traidor, serpente’. Leia em Apocalipse 12:7 - E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão; Apocalipse 20:2 - Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos.

O segundo dragão citado é um animal, sua descrição em detalhes podemos encontrar em Apocalipse 12:3 - ...e eis que era um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas.


Dragão do Apocalipse

O terceiro é o dragão como o conhecemos, monstro da terra ou do mar: Leia sua descrição detalhada em Livro de Jó 41, onde ele é eleito como  rei de todos os animas ferozes.

JÓ 41: "Ninguém debaixo do céu, se através a provocá-lo. Ninguém jamais despojou sua couraça, ninguém jamais penetrou a dupla fila de seus dentes. Ninguém jamais abriu sua boca. Seu dorso é um aglomerado de escamas, cujas juntas são estreitamente ligadas. De suas narinas saem relampejos de luzes, e de sua boca saem chamas ardentes de fogo. Seu hálito queima como brasas. Seu pescoço resiste a toda a força. Suas patas são juntas ao seu corpo, Seu coração é duto como pedra. Se alguém investe contra ele, nada lhe servem, nem lança, nem espadas, nem flechas. O ferro para ele é como palha. Na terra faz o chão queimar e no mar o faz ferver como um queimador de perfumes. Deixa para trás de si um caminho luminoso. Não há na terra animal que se assemelhe a ele. Ele é o rei de todos os animas ferozes."

É totalmente equivocado acreditar que a bíblia ao cita palavra dragão, está apenas se referindo simbolicamente ao Diabo. Para dissipar totalmente esta dúvida, vamos recorre a verdade que esta escrita em: Gênesis 1:21 – “Deus criou os Monstros-marinhos e todos os seres vivos que se movem nas águas...” Ficando claro assim a criação dos Monstros-marinhos, conhecidos também como serpentes-marinhas ou dragões-marinhos, fase inicial da evolução dos dragões terrestres e alados.

Enganaram-se aqueles que pensavam que dragões só existiam em historinhas infantis.

No catolicismo é possível encontrar imagens de dragões ornamentando templos e casas de fiéis. Estamos falando do dragão companheiro de São Jorge, santo que é padroeiro da Inglaterra, Portugal, Geórgia, Catalunha, Lituânia, da cidade de Moscou e co-patrono da cidade do Rio de Janeiro.

Na lenda, que não há fundamentos históricos: São Jorge ao chegar em Syle’n, uma cidade da Líbia, tomou conhecimento de que a princesa Sabra, filha do rei iria ser sacrificada a um dragão que possui hálito venenoso e pele tão dura que resistia a mais afiada das espadas. Ele tomou seu cavalo e enfrentou o dragão quando saia de sua caverna, mato-o com um golpe de lança que perfurou sua garganta. Por fim libertou Sadra, se casaram e viveram felizes na Inglaterra. Acredita-se que este conto foi uma cristianização de outras lendas pagãs: - como a nórdica de Sigurd, que matou o dragão Fafnir, guardião de uma caverna cheia de ouro. - E a lenda de Perseu, herói grego, que após decapitar a Medusa, na volta para casa, matou um terrível dragão marinho e libertou a linda Andrômeda, com quem se casou.

Outros santos católicos também já enfrentaram dragões, como por exemplo: O bispo São Mercurialis matou um dragão que aterrorizava a cidade de Forlì, Itália.

Santa Marta irmã de Lázaro, após a morte de Jesus, teve sua família banida da Judéia. Durante sua viagem por onde passava, pregava as boas novas de Jesus e fazia milagres. Tomando conhecimento de seus prodígios, os habitantes Tarascon vieram lhe pedir ajuda contra um dragão que estava matando todos da cidade. Marta confiante foi atrás do dragão, dominou e o prendou com um cinto, depois levou até a cidade onde foi morto na praça pelo povo. Marta atribuiu este milagre à fé que tinha em Jesus Cristo, seu Salvador. (dia de sua festa 29 de Julho).

       
Bispo São Mercurialis de Forli e o Dragão  - Santa Marta e o Dragão

A Palavra Dragão vem diretamente do grego “drákon” e do latim “dracone”, que significa serpente ou cobra. No inglês antigo foi “draca” que originou a palavra dragon.

Na maioria das histórias ele é descrito como uma serpente alada com duas ou quatro patas. Vive cavernas geralmente protegendo um tesouro e quase sempre tem uma donzela em perigo na história. Alguns possuem poderes mágicos e soltam fogo pelas ventas. Lendas mais antigas dão contas de dragões que viviam no mar, conhecidos como serpentes marinhas. A origem da crença neste ser, acredita-se, está associada à observação de fósseis de dinossauros por povos antigos. Histórias com estas criaturas fabulosas são encontradas nas mais diversas culturas, passando não só pela ocidental, mas pela oriental também.

É justamente do outro lado do mundo que encontramos uma enorme variedade de dragões. Ao contrário da concepção ocidental, os dragões chineses, por exemplo, são criaturas boas e inteligentes; Voam, mas não possuem asas, eles deslizam pelo ar aproveitando as correntes dos ventos. São seres espirituais que vivem no céu ou nas águas dos rios e mares. Variam de tamanhos podendo chegar a cem metros de comprimento. Os dragões de cinco garras são considerados imperiais e ornamentam roupas e brasões da realeza, os demais dragões possuem quatro garras. No horóscopo chinês existe até mesmo um signo dedicado ao dragão.

Simbolicamente o Dragão Chinês representa; força, heroísmo e masculinidade da energia yang. Mas quando dois dragões são colocados juntos eles formam o yang yin, simbolizando a eternidade.

No ocidente, nem sempre ele representa o demônio. Ele pode também simbolizar heroísmo e coragem. Muitas guardas são chamadas por dragões, como a Os regimentos de “dragões” franceses e os soldados "Dragões da Independência" no Brasil.

Na psicologia, o dragão representa o “medo e a angustia” que atormenta o inconsciente.

Ainda hoje em plena era digital, esta criatura continuam encantando bilhões de pessoas de todas as idade ao redor do mundo, seja como temas de filmes e desenhos; Dragon ball, Caverna do Dragão, Coração de Dragão, Eragon, seja como jogos, rpg, tatuagens, Santos e bestas apocalípticas, estátuas em praças públicas, e também como criaturas reais, sim porque para os biólogos dragões existem!



Da esquerda para Direita: 1-Berlin, Germany; 2- Praga; 3- Freedom Square em Tbilisi;
4- Austrália; 5- Estocolmo, Suécia; 6- Tori, Estonia


O dragão-marinho (Phyllopteryx taeniolatus) peixe da mesma família dos cavalos-marinhos pode atingir até 45cm de comprimento. O mais incrível deste raríssimo animal é: quem engravida é o macho e não a fêmea!


O dragão-de-komodo (Varanus komodoensis) é o maior dos lagartos que existem na terra. Habita na ilha de Komodo na Indonésia, se alimenta principalmente de carniça e pode chegar a 3m de comprimento. Ganhou este nome por sua semelhança com os dragões mitológicos. Sua saliva possui bactérias letais, no caso de uma mordia a vítima morre em poucos dias por infecção generalizada. Alguns estudiosos acreditam que eles também sejam peçonhentos, como as cobras.


Depois de falar tanto em dragões, não poderia deixar de falar no “Gathering for Gardener”, Este dragãozinho simpático inspirado na obra de Jerry Andrus. Trata-se de um dragão de papel que produz um interessante efeito de ilusão de ótica em 3D. Ele vira a cabeça acompanhando você.  Vale a pena imprimir e montar! Na hora da montagem, preste atenção nas dobras que devem ser feitas para dentro e nas dobras que devem ser feitas para fora.  É justamente a cabeça dele montada ao contrário que produzirá o efeito 3D. Observe ele com um de seus olhos fechados, ele irá acompanhar seus movimentos. Clique na foto para ampliar!


Clique na foto para ampliar!

 

 
 

 

SE COPIAR CITE A FONTE
Autor Mr.Tlaloc
Fonte: www.sobrenatural.org
Link para esta matéria:http://www.sobrenatural.org/materia/detalhar/9282/

  www.webcursos.com  www.webcurso.com www.webcursos.com/ingles.htm


Avalie Comente Marque como Favorito Recomende


Opiniões

37 Comentário(s).

Mostrando as 5 primeiras.
Ver todas as 37 opiniões.



Comente

Somente usuários logados podem enviar opiniões...

Você já é um usuário cadastrado no site Sobrenatural.Org? Se sim, faça seu login abaixo. Caso contrário, clique aqui para efetuar o cadastro.

QUEM ENVIOU ESTE CONTEÚDO:

Mr.Tlaloc

Mr.Tlaloc

Usuário Assinante.

Yo no credo en Brujas, pero que las hay, las hay.


ESPECIAL ASSOMBRADO.COM.BR


NOSSO BLOG



PUBLICIDADE

NOVIDADES DA LOJA SOBRENATURAL


PRODUTOS DA LOJA SOBRENATURAL

DIRETO AO ASSUNTO

INTERATIVAIDADE

http://bs.serving-sys.com/BurstingPipe/adServer.bs?cn=tf&c=19&mc=imp&pli=8942288&PluID=0&ord=[timestamp]&rtu=-1