Visitante

Olá visitante. Cadastre-se | Entre | Esqueci minha senha

OK Esqueci minha senha


Você está em: Sobrenatural.Org -> Relatos -> SERÁ QUE MARIA,MÃE DE JESUS MORREU VIRGEM - COMO AFIRMA A IGREJA CATÓLICA?


Relatos - Enviado dia 5 de Agosto de 2011

SERÁ QUE MARIA,MÃE DE JESUS MORREU VIRGEM - COMO AFIRMA A IGREJA CATÓLICA?

nada de especial (6)
0 opiniões 0 favoritos 3259 acessos

* Conteúdo ainda não verificado pelo site Sobrenatural.Org, assim, não garantimos o conteúdo escrito nem a qualidade ortográfica da informação. Pedimos para os usuários que se copiarem informações de outros sites, cite e link para a fonte, mas muitas vezes não fazem. Se a informação é de sua autoria, nos comunique para colocarmos os devidos créditos. Outros problemas, entre em contato.



A igreja católica afirma "Maria,mãe de Deus,morreu
imaculada."


 


Vale lembrar que Maria,nasceu pecadora,e em nenhuma parte da
bíblia ela é mencionada,como tendo sido purificada ao conceber Jesus cristo.


 



 


Em muitas partes do mundo, no mês de dezembro, é comum ver
cenas do menino Jesus sob os ternos cuidados da sua mãe, Maria, e do seu pai
adotivo, José. Essas cenas de família podem interessar até mesmo os que não
professam ser cristãos. Visto que destacam a Jesus, o que as Escrituras nos
dizem a respeito da família humana dele?


Jesus teve uma formação familiar muito interessante. Segundo
a Bíblia, por meio do espírito santo sua vida foi transferida do céu para o
ventre duma virgem chamada Maria, e ao nascer tornou-se membro da família
humana. Antes de se anunciar a concepção milagrosa de Jesus, Maria ficara noiva
de um homem chamado José, que se tornaria assim o pai adotivo de Jesus.


Disso podemos concluir que a família imediata de
Jesus era composta de seus pais, quatro irmãos e pelo menos duas irmãs.


É digno de nota que nem Tiago nem Judas mencionam
em suas cartas o vínculo carnal que tinham com Jesus para convencer
companheiros cristãos.

Após o nascimento de Jesus, José e Maria tiveram
mais filhos, os meios-irmãos e as meias-irmãs dele. Isso é evidenciado pela
pergunta que os habitantes de Nazaré fizeram mais tarde a respeito de Jesus:
“Não é este o filho do carpinteiro? Não se chama a sua mãe Maria e seus irmãos
Tiago, e José, e Simão, e Judas? E suas irmãs, não estão todas elas aqui
conosco?” - Mateus 1:25; 13:55, 56; Marcos 6:3.


No entanto, hoje em dia, há quem não acredita que
os irmãos e as irmãs de Jesus eram filhos de José e Maria. Por quê? “A Igreja”,
diz a Nova Enciclopédia Católica, “desde o seu começo, ensinou que Maria sempre
foi virgem. Portanto, em vista disso, não pode haver dúvida de que Maria não
teve outros filhos”. A mesma obra de referência afirma que as palavras “irmão”
e “irmã” podem referir-se a “pessoa ou pessoas unidas num vínculo comum,
religioso ou outro”, ou a parentes, talvez a primos.

É esse o caso? Mesmo alguns teólogos católicos,
discordando da doutrina tradicional, sustentam o conceito de que Jesus tinha
irmãos e irmãs carnais. John P. Meier, ex-presidente da Associação Bíblica
Católica da América, escreveu: “No N[ovo] T[estamento],adelfós
 [palavra
grega usada para irmão], quando não é usada apenas figurativa ou
metaforicamente, mas antes para descrever algum tipo de relacionamento físico
ou legal, somente significa um irmão que procede do mesmo pai e da mesma mãe ou
um meio-irmão, e nada mais.”
 
Jesus não nasceu numa família rica, e isso talvez
tenha ajudado alguns a se sentirem mais à vontade com ele. Seu
 status ou
posição social não os preocupava. Podiam prezá-lo pelo que ensinava, pelas suas
qualidades atraentes e suas obras maravilhosas.
 

Tiago, meio-irmão de Jesus, a quem ele apareceu
pessoalmente, é citado nas Escrituras como desempenhando um notável papel na
congregação cristã. Ele escreveu uma carta divinamente inspirada aos seus
concristãos, admoestando-os a manterem a fé. - Atos 15:6-29; 1 Coríntios
15:7; Gálatas 1:18, 19; 2:9; Tiago 1:1.
 

Inclusive o carta de Tiago,foi escrita por
Tiago meio-irmão de Jesus.


Outro meio-irmão dele, Judas, escreveu uma carta
inspirada para incentivar concrentes a travarem uma luta árdua pela fé. (Judas
1) É digno de nota que nem Tiago nem Judas mencionam em suas cartas o vínculo
carnal que tinham com Jesus para convencer companheiros cristãos.


Fonte : Enciclopédia Britânica.

Devemos orara a Maria ?

O Evangelho de Lucas relata que um dos discípulos
de Jesus pediu-lhe: “Senhor, ensina-nos a orar.” Em resposta, Jesus começou por
dizer: “Sempre que orardes, dizei: ‘Pai, santificado seja o teu nome.’” Também,
no Sermão do Monte, Jesus instruiu os seus seguidores a orar: “Nosso Pai nos
céus, santificado seja o teu nome.” — Lucas 11:1, 2; Mateus 6:9.

Em primeiro lugar, aprendemos que a oração ou
outra forma de adoração deve ser dirigida ao Pai de Jesus, que é Jeová. Em
lugar nenhum a Bíblia nos autoriza a orar a qualquer outra pessoa. Isto é
apropriado porque, como Moisés foi informado ao receber os Dez Mandamentos,
Jeová é “um Deus que exige devoção exclusiva.” — Êxodo 20:5.


O fato de as Escrituras não ensinarem os cristãos
a orar a Maria não mostra falta de respeito pelo papel que ela desempenhou na
realização do propósito de Deus. As bênçãos que virão através do Filho dela
beneficiarão eternamente toda a humanidade obediente. A própria Maria disse:
“Todas as gerações me proclamarão feliz.” E Elizabete, prima de Maria, disse
que ela era “abençoada . . . entre as mulheres”. De fato, para Maria
foi um privilégio maravilhoso ter sido escolhida para dar à luz o Messias.
— Lucas 1:42, 48, 49.

No entanto, Maria não é a única mulher a quem as
Escrituras chamam de abençoada. Por causa dos atos que Jael realizou em prol da
antiga nação de Israel, ela também foi considerada como tendo sido “abençoada
entre as mulheres”. (Juízes 5:24) A fiel Jael, Maria e muitas outras mulheres
tementes a Deus, mencionadas na Bíblia, certamente merecem ser imitadas, mas
não veneradas.

Maria era uma seguidora fiel de Jesus. Ela estava
presente em várias ocasiões durante o seu ministério terrestre e também quando
ele morreu. Após a ressurreição de Jesus, ela e os irmãos de Jesus “persistiam
em oração”.
 

No entanto, toda essa devoção deve ser dirigida
apenas a Jeová, por meio de Jesus Cristo. — Mateus 4:10; 1 Timóteo
2:5.


Vale resaltar,as orações também não devem ser
dirigidas a Jesus,nosso senhor mas,sim ao pai Jeová!!!


Fonte:antipiramide




Avalie Comente Marque como Favorito Recomende

Opiniões

Conteúdo sem opinião até o momento...





Comente

Somente usuários logados podem enviar opiniões...

Você já é um usuário cadastrado no site Sobrenatural.Org? Se sim, faça seu login abaixo. Caso contrário, clique aqui para efetuar o cadastro.

QUEM ENVIOU ESTE CONTEÚDO:

Josy

Josy

Sou amigável:Quando são amigáveis comigo. Curto muito o sobrenatural. Já presenciei,sonhei,previ muitas coisas. Quem quiser me conhecer é só me adc no msn. ANTES DE ME CRITICAR.ME CONHEÇA


NOSSO CANAL NO YOUTUBE


ESPECIAL ASSOMBRADO.COM.BR


NOSSO BLOG



PUBLICIDADE

PRODUTOS DA LOJA SOBRENATURAL

DIRETO AO ASSUNTO

INTERATIVAIDADE

http://bs.serving-sys.com/BurstingPipe/adServer.bs?cn=tf&c=19&mc=imp&pli=8942288&PluID=0&ord=[timestamp]&rtu=-1